POLUIÇÃO URBANA

Deixe um comentário

08/01/2010 por Radoc Lobo

Caminho hoje por uma cidade suja
São Paulo é um esgoto a céu a aberto
Tem ruas imundas repletas de sujeira
Que espalham cheiros tão terríveis
Que me fariam desmaiar
Se a fumaça não tivesse tampado meu nariz.
 
Não posso ver as estrelas celestes
Olho para cima e vejo a morte
Nem os astros se mostram numa noite sem nuvens
Olhar para o céu é olhar para o passado
Mas em São Paulo é ver o futuro
É ver que a luz de todas as almas se apagará.
 
O lixo é tanto que até meus ouvidos são poluídos
Nem posso mais sair sem ouvir o funk
Alguns chamam de musica
Eu chamo veneno sonoro
 
O pior que já vi
O único que contamina tudo
As pessoas, o respeito e até a cultura
Não existe nada assim onde tem funk.
 
Eu não sou um rato
Morador do lixo.
Sou alguém que busca limpar sua casa
Pena que tem tantos que sujam
E gostam do lixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: